Dicas para manter a família unida ou reaproximar aqueles que estão mais distantes

Conciliar as diferenças pode parecer um grande desafio.

Dicas para manter a família unida ou reaproximar aqueles que estão mais distantes
04/03/2021
Por: Funerária Araújo-Orsola

Conciliar as diferenças e manter a família unida pode parecer um grande desafio. Mas, já observou que todas as famílias possuem integrantes com particularidades e gostos diferentes?

Nenhuma família é composta por pessoas iguais, e muitas vezes, essa falta de similaridade, combinada à rotina e imposições do dia a dia, acabam distanciando uns dos outros.

Ainda que esse distanciamento seja encarado com naturalidade, é importante manter a família unida, não apenas pelo afeto, mas também porque, uma hora ou outra, será necessário tratar temas mais delicados, como conversas sobre aposentadoria, herança e inventário, por exemplo. 

E, é mais fácil ter essas conversas quando os membros da família possuem empatia e sentem confiança uns nos outros.

Veja a seguir 10 dicas para manter a família unida ou reaproximar aqueles que estão mais distantes.

 

1. Procure manter um diálogo frequente

Lembra daquele parente que está distante? Ou o primo que foi morar em outro país? Tente manter um diálogo com assuntos em comum para quebrar o gelo.

Hoje em dia, é mais fácil saber as preferências das pessoas observando suas redes sociais e publicações de fotos e links compartilhados.

Informações como essas facilitam o bate-papo e aumentam o potencial da conversa, que flui normalmente, possibilitando a reconstrução ou o começo de uma nova amizade.

 

2. Respeite as diferenças

Seja religião, gosto musical ou time de futebol, não importa quais são as diferenças, pois não há motivos para considerar o outro inferior, nem mesmo julgar ninguém ou cobrá-lo por mudanças.

Para manter a família unida é preciso entender as diferenças e aceitá-las. Uma boa dica é deixar de lado aquilo que nos incomoda e apreciar o lado bom das pessoas. Todos têm qualidades encantadoras.

 

3. Cultive a harmonia

Alguns comportamentos podem minar os relacionamentos familiares, principalmente comentários maldosos. Caso alguém venha fofocar, evite continuar o assunto e troque o tema por algo mais leve.

O mesmo vale para desentendimentos do passado. Compreenda que as pessoas oferecem aquilo que possuem no momento e, mesmo que tenham feito algo ruim, hoje possivelmente não fariam o mesmo caso estivessem na mesma situação. Então, não guarde mágoas. Isso só faz mal. O mais certo é dar uma nova chance.

 

Artigos Relacionados

 

4. Preserve tradições

Tradições familiares são muito importantes: o almoço no dia de domingo como reunião, uma festa de aniversário ou a comemoração do Dia das Mães, cada família possui uma tradição.

Manter esses momentos é essencial, pois além de ser uma forma de aproximar os familiares, também desperta uma sensação de pertencimento, já que remete à identidade e promove a construção da memória afetiva.

 

5. Transforme a rotina

Que tal inovar um pouco? Proponha uma viagem em família, algo que nunca fizeram antes.

O evento a ser escolhido depende do perfil da família, do tempo livre que cada um possui e também das condições financeiras. Porém, esse evento pode restaurar as energias, permitir vivências novas e até mesmo estreitar os laços entre todos.

 

6. Se expresse

Não espere para dizer o que sente apenas em momentos de desentendimentos. O diálogo e a sinceridade são importantes para manter a família unida.

Expresse os seus sentimentos, sem receio de ser considerado sentimental, não tenha medo de ser feliz e demonstre o carinho que sente com elogios, declarações e abraços.

 

7. Valorize o bom humor

Quando colocamos menos peso em problemas pequenos, a vida fica mais leve. Evite reclamações em excesso, valorize o bom humor e se esforce para se livrar do clima pesado em casa.

Caso seja você a pessoa mal humorada, reflita e considere que estar ao lado de uma pessoa assim é demasiadamente chato. 

Por outro lado, se for algum membro da família que costuma agir assim, tente conversar para mudar isso. Se divertir mais e garantir boas gargalhadas juntos, fortalece as relações familiares. 

 

 Receba conteúdo em seu email - Orsola

8. Prepare receitas em família

Já pensou em cozinhar em conjunto? Ou que tal, tornar o momento em algo ainda mais especial, ao criar receitas de família que serão passadas de geração para geração?

Além de permitir criar um livro de receitas, esse momento também pode virar uma competição positiva, onde cada um cria um prato que os outros terão de saborear e avaliar qual foi o melhor. Uma brincadeira como essa reforça o convívio divertido e estimula a criação de memórias afetivas.

 

9. Planeje atividades de entretenimento

Que tal quebrar a rotina com programas de lazer em família? A convivência diária, assim como os pequenos problemas do dia a dia, pode trazer alguns conflitos, então, buscar se divertir juntos é essencial para manter a família unida.

Além de passeios simples, como ir à sorveteria ou andar de bicicleta no parque, também é possível fazer atividades em casa, como sessões de filme ou jogos de tabuleiro. O ideal é que todos se divirtam.

Também é importante que esses programas de lazer se enquadrem no orçamento familiar.

 

10. Crie regras para os eletrônicos

Em virtude do uso excessivo de eletrônicos, notamos um maior distanciamento entre as pessoas. Cada um encontra-se isolado em seu próprio mundo no universo virtual.

Desse modo, vale estabelecer um horário diário em que todos deixem as telas de lado para se dedicarem à própria família. Esse momento serve para se conectar, conversar e se aproximar daqueles que nos importamos.

Com pequenos gestos de amor é possível contagiar os demais e dar o primeiro passo para manter a família unida.

Ainda que pareça muito difícil reunir toda a família em clima de paz e harmonia, é muito importante propor encontros novos, restaurar tradições e, principalmente, expressar o amor.

Uma família unida representa carinho e segurança, assim como pertencimento ao grupo. Também significa maior tranquilidade em momentos frágeis, onde é necessário fazer escolhas importantes. 

Você tem alguma dica para manter a família unida que não tenha sido mencionada neste artigo? Compartilhe conosco deixando seu comentário. Ele poderá ajudar outras pessoas.

 

Veja mais

7 dicas de como confortar pacientes terminais

7 dicas de como confortar pacientes terminais

21/09/2021
Receber a notícia que alguém querido está com uma doença fatal, é algo muito triste e... Continue lendo.
Despesas com funeral: quais são e como evitá-las

Despesas com funeral: quais são e como evitá-las

14/09/2021
Além do baque emocional, se despedir de um ente querido também pode impactar as finanças. As... Continue lendo.
15 Livros para explicar a morte para crianças

15 Livros para explicar a morte para crianças

08/09/2021
A morte faz parte do processo natural de todo ser humano, e os tempos de pandemia de coronavírus... Continue lendo.

Como proceder em caso de Falecimento?

Saiba quais procedimentos tomar e quais os documentos providenciar.