fbpx

Como ajudar alguém em luto

Como ajudar alguém em luto

Como ajudar alguém em luto

 

É comum não sabermos lidar com o inevitável. Da mesma forma que a finitude nos paralisa, acabamos também não sabendo como ajudar alguém em luto.

Isso acontece porque é comum acreditar que falar sobre o que aconteceu ou permitir que o enlutado se expresse, chore ou até mesmo se entristeça causará mais sofrimento.

 

A elaboração do luto

A verdade é que o processo de elaboração do luto acontece de maneira totalmente contrária.

Conversar sobre quem faleceu e tudo o que está relacionado à sua morte auxilia no entendimento das emoções em decorrência da situação.

A dor de perder alguém que amamos tem um impacto direto em nossos sentimentos e pode ser a mais profunda que podemos experimentar. Da mesma forma, é difícil saber como agir quando nos deparamos com alguém que está passando por essa dor.

Por isso desenvolvemos este conteúdo que reúne conselhos importantes sobre como ajudar alguém em luto a seguir adiante. Confira!

 

Como ajudar alguém em luto

1. Estar atento ao comportamento do enlutado

Devido ao vazio que sente, é comum que o enlutado tenha dificuldade em organizar seus sentimentos e emoções.

Por isso, devemos estar atentos e observar mudanças repentinas de humor, falta de atenção às situações cotidianas, desejo de ficar isolado e até mesmo a maneira como o indivíduo comunica suas dificuldades.

Esse cuidado evita atitudes impulsionadas pelo desespero momentâneo e, principalmente, previne contra doenças físicas e mentais como depressão, ansiedade, dependência química e fobias.

Ao perceber quaisquer sinais, procurar ajuda profissional pode ser crucial para uma recuperação bem-sucedida.

Além do auxílio para resolver as questões burocráticas referentes ao falecimento, a pessoa que está passando pelo luto pode se sentir confusa em relação a ações básicas do dia a dia, como higiene pessoal e alimentação.  Assim, pode ser necessária a ajuda para realização de algumas tarefas, como preparo de refeições ou mesmo realizar compras de mercado.

 

2. Entender que cada pessoa reage de uma maneira

Para saber como ajudar alguém em luto é importante entender que cada pessoa reage de maneira particular a determinada situação e por mais que existam algumas reações comuns relacionadas a esse tipo de situação, estas não são um padrão.

Dessa forma, é essencial respeitar a maneira e o tempo como cada um responde à circunstância.

Também vale a pena compreender que embora a maioria das pessoas passe pelos estágios de luto de forma semelhante, não existe uma sequência lógica de reações nesse momento.

É possível que as respostas físicas e emocionais esperadas para uma fase específica não ocorram ou apareçam mais tarde.

 

3. Fazer-se presente

Ao pensar sobre como ajudar alguém em luto, não é necessário estar diariamente na casa da pessoa que está sofrendo.

Entretanto, é essencial estar preparado para ajudar quando for solicitado, tomando a iniciativa em caso de necessidade, sem ser invasivo e sempre respeitando os limites do enlutado.

Um modo de auxiliar nessas circunstâncias é ajudar nas responsabilidades do dia a dia da pessoa, especialmente durante o período em que a perda ainda é relativamente recente.

Também é possível oferecer companhia em atividades que precisem de deslocamento e ouvir com empatia suas palavras, mesmo que estas sejam repetidas histórias ou sobre a pessoa que se foi.

 

4. Respeitar o silêncio

Outra forma de como ajudar alguém em luto é respeitar quando houver silêncio e, evitar expressões que não aliviam o sofrimento.

Não faça julgamentos sobre a conduta do enlutado e seja sempre sincero ao tentar confortá-lo com palavras.

Mas, ao perceber qualquer obstáculo da pessoa em falar sobre seus sentimentos, sugira livros, filmes ou textos que abordem o tema e incentive-a a falar sobre o assunto. Para ajudar nessa tarefa, confira 14 livros para superar o luto.

 

5. Procurar ajuda especializada

Se mesmo depois de toda a ajuda, o enlutado não estiver respondendo bem aos eventos cotidianos, mostrando preferência por ficar sozinho o tempo todo, não se alimentando ou dormindo bem, o ideal é procurar por um profissional da saúde, preferencialmente um especialista em saúde mental.

Ele poderá fornecer a melhor opção de tratamento atualmente disponível.

A terapia do luto e os grupos de apoio ao enlutado também são algumas maneiras de lidar com a situação ou com as dificuldades que podem surgir no meio do processo. 

Esses métodos permitem que as pessoas trabalhem melhor os problemas que não estão conseguindo superar e que podem afetar sua condição psicológica e qualidade de vida.

Receber acompanhamento especializado é fundamental para que não ocorram avanços dos sintomas e principalmente para evitar acometimentos patológicos, como a tanatofobia.

 

Artigos Relacionados

 

Terapia pós-óbito

A Orsola pode ajudar na superação da dor da perda de um familiar por meio da terapia pós-óbito.

Nosso apoio psicológico é especialmente direcionado para esse momento e tem como objetivo oferecer espaço para os associados vivenciarem o processo de luto, buscando superar a dor e retomar o curso da vida.

Se você ou algum familiar passou por uma perda recentemente e está precisando de auxílio, fale conosco

Quer saber mais ou ficou com dúvidas sobre como ajudar alguém em luto? Deixe seu comentário em nossas redes sociais. Ficaremos satisfeitos em ajudar.

ARTIGOS RELACIONADOS

Tradição e experiência: por que os planos funerários Orsola são a melhor opção em Santa Bárbara d’Oeste

Na fase de decisão de compra, muitos consumidores estão em busca de informações que os ajudem a fazer a escolha certa de um produto […]

Continuar Lendo

Diferenciais do Velório Orsola: um refúgio de conforto e apoio para os associados

O inevitável faz parte da vida e é comum que todos nós, em algum momento, tenhamos que lidar com a perda de um familiar. […]

Continuar Lendo