Missa de sétimo dia: entenda seu significado

Uma celebração para o descanso eterno.

Missa de sétimo dia: entenda seu significado
07/01/2021
Por: Funerária Araújo-Orsola

Um hábito bastante comum no Brasil, a missa de sétimo dia é uma tradição que carrega algumas curiosidades. Quem vai a uma celebração dessas não tem dúvida alguma de que está presente em um momento de oração por alguém que faleceu.

 No entanto, surgem questões como: é necessário realmente que essa celebração seja feita através de uma missa? Quais os motivos de esperar o sétimo dia após o falecimento? 

 

Missa de sétimo dia: o que é e como funciona

Segundo o catolicismo, sem atingir a santidade, não se pode chegar diretamente ao paraíso. Acredita-se que, antes do encontro definitivo com Deus, a alma precisa passar por um tempo de purificação, ou seja, um período no purgatório. A missa de sétimo dia - que deve ser celebrada sete dias depois contados à partir da morte - é considerada uma das melhores formas que os familiares e amigos do falecido dispõem para se unirem em oração pelo descanso eterno de seu ente querido, pois nela se celebra o sacrifício de Cristo por toda a humanidade.

 Quanto à data, há algumas diferenças ao longo dos tempos. Na liturgia antiga, costumava-se celebrar missas de 3º, 7º e 30º dia de falecimento. Na época do Brasil colonial, dada a extensão a ser percorrida, não havia tempo hábil para estar presente na missa de sepultamento e realizar as homenagens fúnebres conforme o costume. Assim, organizava-se uma missa no sétimo dia de falecimento, a fim de ter o tempo necessário para que parentes e amigos pudessem ser avisados e se deslocassem até o local para poderem participar.

 

O que diz a Bíblia

Há várias referências a números na Bíblia, que podem ter sido a razão da escolha da data. O número 7, especificamente, é bastante mencionado como um número perfeito. As menções vão desde a criação do mundo em 7 dias; o sétimo dia é o sábado; em Apocalipse, há referência a 7 cartas, 7 selos, 7 cabeças; o ano sabático é o 7º; são 7 os dons do Espírito Santo; não se deve perdoar apenas 7 vezes, mas 70 vezes 7 (indicando um número infinito), 7 dias foi a duração do luto de José pelo falecimento de Jacó, entre muitas outras alusões.

 Uma informação intrigante é que não são todos os povos de tradição cristã que celebram a missa de sétimo dia, o que leva a crer que essa é uma tradição de cunho mais local, característica do povo brasileiro e sua cultura.

 

Como solicitar uma missa de sétimo dia?

Há algumas formas de solicitar a celebração de uma missa de sétimo dia. Uma delas é se comunicar com a igreja católica mais próxima (ou de sua preferência) e pedir que coloquem a intenção do sétimo dia de falecimento, fornecendo o nome do falecido. O recomendado é que essa solicitação seja feita antecipadamente – cerca de, no mínimo, meia hora antes da celebração – uma vez que as intenções pelas quais a missa será celebrada são lidas em voz alta momentos antes do seu início. Em alguns casos, pode-se pedir uma contribuição para colocar a intenção na missa, porém não se trata de uma taxa e, portanto, não é obrigatória.

 Conforme a localidade, há também a possibilidade de agendar uma missa, especificamente no sétimo dia, na igreja próxima ao local onde a família e amigos do falecido residem, com o intuito de favorecer que essas pessoas compareçam e se unam em oração por seu ente falecido.

 

Artigos Relacionados

 

Outras formas de homenagem

No fundo, a missa de sétimo dia não é a única forma de homenagear um ente querido que se foi. Mesmo porque a missa é uma celebração católica, e pode acontecer de que nem todos os parentes e/ou amigos do falecido professem o mesmo credo. Veja algumas opções de homenagens possíveis:

 

Através da música

Tocando e/ou cantando as músicas preferidas do falecido.

 

Confeccionando “santinhos” de luto

Distribui-se um tipo de minipanfleto, com a foto do falecido e alguma mensagem característica.

 

Discurso

Pode ser feito por você ou pedido para que alguém que se sinta mais preparado  o leia em voz alta, destacando características positivas e exemplos que o falecido deixou.

 

Chuva de pétalas

Esta é uma das mais antigas formas de demonstrar o respeito e a sensibilidade à dor da família. A Funerária Araújo tem disponível para associados e clientes esta bonita homenagem no Velório Orsola.

 

Deixe uma e-homenagem

Se o cemitério, crematório ou funerária oferecer o serviço. A Funerária Araújo - Orsola, por exemplo, tem em seu site um espaço destinado à Mensagem de Condolências.

 

Solte pequenos balões personalizados

É possível colocar a foto ou uma frase marcante nos balões e soltá-los durante o funeral, simbolizando que a pessoa está subindo ao céu.

 

Sonhos ou tarefas inacabadas

Realize o sonho de quem se foi, concluindo alguma tarefa que essa pessoa queria muito fazer, porém não conseguiu em vida.

 

Cuide da sepultura

A manutenção do local de sepultamento, além de um hábito de higiene, demonstra o carinho e cuidado que se despende com quem se foi.

Algumas pessoas optam ainda por eternizar a imagem de entes queridos fazendo tatuagens, outdoors, ou utilizando-se de outras inúmeras formas. Na verdade, independentemente da maneira escolhida, o mais importante é não deixar passar em branco a oportunidade de homenagear e demonstrar o carinho a quem tanto amamos.

 

Como você homenagearia uma pessoa querida que se foi? Compartilhe conosco deixando seu comentário!

Veja mais

Vida após a morte: o que dizem a ciência e as religiões

Vida após a morte: o que dizem a ciência e as religiões

10/05/2021
O que acontece depois da morte? Saiba o que dizem a ciência e as religiões a respeito da vida... Continue lendo.
14 doenças que têm facilidades para ter benefício do INSS

14 doenças que têm facilidades para ter benefício do INSS

05/05/2021
Você sabe quais são as doenças que têm facilidades para ter benefício do INSS (Instituto... Continue lendo.
O que é auxílio-doença

O que é auxílio-doença

26/04/2021
Auxílio-doença é um benefício previdenciário pago pelo governo por meio do Instituto Nacional... Continue lendo.

Como proceder em caso de Falecimento?

Saiba quais procedimentos tomar e quais os documentos providenciar.