Orçamento familiar: sua importância e como fazê-lo

Para alcançar objetivos é necessário prever situações, definir metas e sobretudo, manter a organização.

Orçamento familiar: sua importância e como fazê-lo
18/02/2021
Por: Funerária Araújo-Orsola

Você sabe qual é a importância de se fazer um orçamento familiar?

Para alcançar objetivos é necessário, primeiro, prever situações, definir metas e sobretudo, manter a organização.

Esses cuidados também devem ser adotados quando o intuito é economizar dinheiro e fazê-lo render. Justamente por isso é tão importante o orçamento familiar.

Ele funciona como um planejamento financeiro, que inclui despesas e receitas de uma família. Desse modo, torna-se possível identificar para onde o dinheiro vai e também pensar em maneiras de utilizá-lo de uma forma melhor, com uma reserva para investir.

Além de garantir a segurança financeira, o orçamento familiar também tem como resultado a melhoria da qualidade de vida.

 

Importância do orçamento familiar 

Fazer um orçamento familiar é um modo de ter o controle financeiro da vida da família, e isso não significa necessariamente privação.

Porém, quando um déficit é identificado, é recomendado fazer alguns cortes com o intuito de assegurar estabilidade. Por isso é necessário adotar um planejamento para controlar quanto se gasta daquilo que se ganha, já que o objetivo é obter um saldo positivo no fim do mês. Ou seja, para poupar, é importante planejar.

 

Mais segurança

Não estar ciente das finanças é um fato que causa instabilidade e estresse, principalmente quando se tem familiares como dependentes financeiros. O planejamento familiar permite assegurar que não falte dinheiro.

Desse modo, também é possível planejar para economizar e investir esse valor, proporcionando maior tranquilidade para o futuro financeiro da sua família.

 

Receba conteúdo em seu email - Orsola

 

Aumento da renda

A renda equivale à remuneração proveniente de alguma atividade ou aplicação de recursos (investimento), como: salário, rendimentos, aluguéis, valorização de bens móveis e imóveis, etc.

Fazer um orçamento familiar permite que você aumente sua renda, pois ao ter consciência onde se gasta, é possível decidir onde fazer cortes para poupar dinheiro.

Como resultado, os valores gerados pela economia podem ser investidos em outras atividades ou aplicações e, após algum tempo, será possível adquirir um imóvel e obter retorno a partir de sua locação, por exemplo.

 

Melhores hábitos financeiros

A principal vantagem do orçamento familiar está na adoção de melhores hábitos financeiros, pois com uma boa organização, prazos e limites de gastos estabelecidos, é possível evitar atraso e acúmulo de contas e, consequentemente, o gasto de mais dinheiro com pagamento de juros e multas.

Ao manter essa disciplina, você é reconhecido no mercado como bom pagador, o que facilita descontos, benefícios e até mesmo concessão de crédito.

 

Bem-estar da família

O orçamento familiar também proporciona melhoria do bem-estar, já que o planejamento possibilita uma reserva que pode ser usada para aproveitar os bons momentos com pessoas queridas.

Além disso, também é possível reservar valores para contratar e pagar serviços importantes, como por exemplo um plano funerário, permitindo que a família tenha maior segurança, tranquilidade e amparo mesmo em um momento de dor.

 

Como fazer o orçamento familiar

Primeiro, é necessário avaliar como anda sua atual situação financeira. Depois, liste todas as fontes de renda da família, incluindo salários, investimentos e aluguéis.

Agora, elabore outra lista incluindo os gastos mensais, como contas de luz, água, telefone, gás, internet e outros.

Logo após, some cada uma das listas e subtraia da receita o total de despesas. Caso haja saldo positivo, é um sinal que você tem controlado adequadamente os gastos e ainda possui uma reserva para investimentos.

Caso o resultado seja nulo, vale considerar cortar aquilo que não tem necessidade para garantir uma margem segura no seu orçamento. Por último, se as contas resultarem em valor negativo, será necessário adotar medidas mais drásticas, onde você pode vender coisas sem muita utilidade no seu cotidiano, como por exemplo uma bicicleta.

 

Artigos Relacionados

 

Estabeleça limites e identifique prioridades

Depois de reconhecer a necessidade de realizar cortes ou não, estabeleça limites para ter as finanças sob controle. Faça uma reunião com os familiares e determine regras que todos devam cumprir para auxiliar na economia.

Vale lembrar, que estimular a participação dos filhos na economia de energia é muito importante, assim como é essencial adotar limites para o gasto mensal com o lazer.

Além disso, é preciso identificar o que é essencial e priorizar uma reserva de dinheiro para isso.

 

Elabore metas

Depois de impor restrições, é o momento de visualizar metas. Pense no que deseja fazer com o dinheiro economizado e como pretende aplicar os investimentos.

Identifique qual o objetivo, seja comprar um veículo, um imóvel ou fazer uma viagem. Estude qual o valor necessário para obter isso e se esforce para somar dinheiro suficiente.

Como é possível concluir, o orçamento familiar consiste em um planejamento financeiro que tem como intuito ajustar os gastos domésticos. É uma estratégia para poupar dinheiro e aplicar de maneira que seja possível garantir estabilidade.

Essa garantia de estabilidade é essencial não apenas durante a vida como também após o fim dela, por isso planejar a longo prazo é tão importante, pois o cuidado com as finanças também envolve o presente e futuro daqueles que amamos.

Se ficou com alguma dúvida sobre orçamento familiar ou está pensando em iniciar o seu, contratando um plano funerário Orsola para economizar, entre em contato conosco. Será um prazer ajudar!

 

 

Veja mais

7 dicas de como confortar pacientes terminais

7 dicas de como confortar pacientes terminais

21/09/2021
Receber a notícia que alguém querido está com uma doença fatal, é algo muito triste e... Continue lendo.
Despesas com funeral: quais são e como evitá-las

Despesas com funeral: quais são e como evitá-las

14/09/2021
Além do baque emocional, se despedir de um ente querido também pode impactar as finanças. As... Continue lendo.
15 Livros para explicar a morte para crianças

15 Livros para explicar a morte para crianças

08/09/2021
A morte faz parte do processo natural de todo ser humano, e os tempos de pandemia de coronavírus... Continue lendo.

Como proceder em caso de Falecimento?

Saiba quais procedimentos tomar e quais os documentos providenciar.