Cremação: pandemia aumenta a procura pelo serviço

Recomendações da Anvisa incluem a técnica como precaução.

Cremacao pandemia aumenta a
06/05/2020
Por: Funerária Araújo-Orsola

Desde o início da pandemia, diversos estados emitiram recomendações locais para evitar o risco de contaminação durante o cortejo fúnebre de vítimas do coronavírus. Dentre os cuidados recomendados pela Anvisa (Agência Nacional de Saúde), inclusive, está a preferência pela cremação.

Diante dessas recomendações, cresceram a procura e as dúvidas sobre o serviço. Por isso, organizamos algumas informações para que você entenda melhor o que é preciso e como é realizada o procedimento.

 

Vantagens da cremação

Trata-se de uma técnica que utiliza tecnologias modernas e é economicamente viável quando comparada ao sepultamento, devido à ausência de despesas como locação ou aquisição de jazigo e taxas de manutenção do cemitério.

Higiênico e ecológico, o procedimento não afeta o meio ambiente, já que as cinzas não contaminam as águas subterrâneas e seus resíduos tóxicos são retidos por filtros de ar.

 

Artigos Relacionados

 

O que é preciso para optar pela cremação

No caso da pessoa ainda em vida, para optar pela cremação, é preciso registrar em cartório sua “declaração de vontade”.

Se a pessoa não deixou essa declaração, é necessário que um parente consanguíneo autorize o procedimento, que só é permitido após atestado de óbito assinado por dois médicos de qualquer especialidade ou por um médico legista.

Com a pandemia,  o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Ministério da Saúde autorizaram enterros e cremações sem a necessidade de um atestado de óbito registrado em cartório. Estes poderão ser elaborados até 60 dias depois da morte do paciente.

 

Onde é feita a cremação?

A Funerária Araújo - Orsola encaminha os corpos para os Crematórios de Piracicaba, Campinas, São Paulo,  ou para qualquer outro local que a família desejar.

 

Quanto tempo leva?

O corpo é colocado na câmara primária de cremação, em uma temperatura em torno de 1.220ºC, no qual permanece de uma hora e meia a três horas e, depois, passa para a câmara secundária, responsável pela eliminação de odores.

 

Receba conteúdo em seu email - Orsola

 

Para onde vão as cinzas?

As cinzas são colocadas em uma urna e devolvidas à família, que pode optar por dividi-las entre seus membros, enterrá-las ou guardá-las. 

Como forma de prestar homenagem, algumas famílias optam por  espalhar as cinzas em um local do qual a pessoa gostava. Entretanto, elas também podem ser destinadas a um papel ecológico, como as biournas, que possibilitam o plantio de uma árvore.

 

Inclusão no plano funerários

O processo de cremação é adicional e pode ser incluído em qualquer plano funerário da Orsola.

 

A Funerária Araújo - Orsola

A Funerária Araújo - Orsola presta o serviço de cremação, cuidando de todo o processo, desde o encaminhamento do corpo ao crematório até a devolução das cinzas para a família.


Para saber mais detalhes sobre o procedimento ou para contratar o serviço, basta entrar em contato conosco por meio de um de nossos canais de comunicação: Atendimento 24h pelo telefone (19) 3463-5151, WhatsApp ou pelo Fale Conosco do site. Estamos à disposição para ajudar!

Veja mais

Indenizações do seguro DPVAT passam a ser pagas pela Caixa

Indenizações do seguro DPVAT passam a ser pagas pela Caixa - Saiba como pedir

22/02/2021
Apesar de o pagamento do DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via... Continue lendo.
Orçamento familiar: sua importância e como fazê-lo

Orçamento familiar: sua importância e como fazê-lo

17/02/2021
Você sabe qual é a importância de se fazer um orçamento familiar?Para alcançar objetivos é... Continue lendo.
Doação de bens em vida: saiba como funciona o processo

Doação de bens em vida: saiba como funciona o processo

10/02/2021
Algumas pessoas não gostam de falar sobre herança, o que é normal, afinal esse é um assunto... Continue lendo.

Como proceder em caso de Falecimento?

Saiba quais procedimentos tomar e quais os documentos providenciar.