6 dicas para fazer um planejamento financeiro familiar

Recomendações para manter seu orçamento equilibrado.

6 dicas para fazer um planejamento financeiro familiar
24/11/2020
Por: Funerária Araújo-Orsola

É de suma importância realizar um planejamento financeiro adequado.

Com objetivo e afinco, a organização financeira também representa melhoria da qualidade de vida, visto que reduz o estresse e desgaste com as preocupações orçamentárias.

Sendo assim, aderir a um planejamento financeiro familiar representa a adoção de medidas para reduzir os custos, evitar os gastos desnecessários e priorizar o que é essencial, além de garantir uma economia para a tranquilidade diante de possíveis custos emergenciais.

Saiba como fazer um planejamento financeiro familiar. Confira agora 6 dicas para não passar mais por apertos e manter o seu orçamento equilibrado.

 

1. Separe as despesas fixas das variáveis

Uma das melhores formas para traçar metas, é iniciar um orçamento doméstico, fazer planos e, sobretudo, descobrir os gastos gerais da sua família.

Você pode fazer isso por meio de uma ferramenta, seja um aplicativo, uma planilha e até mesmo um caderno, onde deverá identificar cada uma das suas despesas e separá-las em fixas e variáveis.

Podem ser classificados como fixos, gastos como: contas de luz, água, internet, condomínio, telefone, mensalidade da escola, transporte, entre outros.

Já as despesas variáveis, englobam despesas com: vestuário, restaurante, passeios, viagens, cinema, etc.

Desse modo, é possível facilitar a sua organização e o seu planejamento financeiro familiar, controlando os gastos de acordo com suas necessidades e prioridades.

 

Dica Extra 

Aproveite para incluir nas despesas fixas o investimento com planos de saúde e seguros, que representam uma forma de se prevenir e reduzir os gastos.

Como é o caso do plano funerário, que permite uma grande economia e também caracteriza uma maneira de prevenção que, se não realizada, resulta em surpresas com altos custos.

 

Receba conteúdo em seu email - Orsola 

 

2. Organize as fontes de receita

 Para manter a saúde financeira familiar é importante saber de onde vem o seu dinheiro, principalmente hoje em dia, em que as pessoas acumulam atividades profissionais nas horas vagas. 

Ao se organizar, você consegue entender o que realmente traz retorno e as rendas que podem ser substituídas por outras que valham mais.

 

3. Planeje seus objetivos

 Faça uma reunião com a sua família e definam juntos as metas a serem alcançadas, discutam um plano, e estabeleçam os objetivos de curto, médio e longo prazo.

De curto prazo podemos destacar as dívidas que devem ser quitadas. Já os objetivos de médio e longo prazo podem ser classificados como as férias, faculdade e reforma da casa que podem exceder os 12 meses.

 

4. Guarde dinheiro

 Ainda que haja um planejamento para organizar o seu orçamento, ninguém está livre de imprevistos. Portanto, crie uma reserva financeira de emergência, para os gastos urgentes, como uma cirurgia de última hora, compra de remédios caros ou até mesmo um reparo no telhado da casa.

Essa reserva pode auxiliar em situações extremas, sem abalar o orçamento da família e, sobretudo, ajuda a evitar dívidas com empréstimos.

 

Artigos Relacionados

 

5. Respeite seu padrão de vida

 É essencial respeitar o padrão de vida de acordo com o seu orçamento, vivendo dentro da sua realidade para não realizar nenhum gasto desnecessário por impulso.

Para manter um equilíbrio financeiro, o ideal é não se sentir confortável demais, mesmo quando as contas estão em dia, pois isso aumenta a tendência e vontade de gastar mais.

Portanto, é muito importante estar atento ao planejamento financeiro, manter o equilíbrio e consumir com consciência sempre.

 

6. Pratique a educação financeira com sua família

 Por último, mas não menos importante, é fundamental praticar a educação financeira em conjunto com a família para o planejamento dar certo.

Com a prática, evitam-se conflitos entre os familiares, principalmente por situações em que um membro da família continua gastando em excesso, enquanto outros estão poupando.

Mostre como a economia de hoje pode gerar grandes frutos com o passar do tempo.

 

 

Você costuma realizar o planejamento financeiro com sua família? Compartilhe sua experiência conosco sugerindo também algumas dicas. Desta forma, poderá ajudar outras pessoas.

Veja mais

Como lidar com a saudade causada pelo luto

Como lidar com a saudade causada pelo luto

18/10/2021
A saudade pode ser representada de várias maneiras, sendo um sentimento ligado às lembranças boas... Continue lendo.
Por que homenageamos falecidos com coroa de flores

Por que homenageamos falecidos com coroa de flores?

08/10/2021
É costume enviar coroa de flores ao velório, como última homenagem à pessoa falecida e também... Continue lendo.
5 dificuldades enfrentadas por quem não tem um plano funerário

5 dificuldades enfrentadas por quem não tem um plano funerário

30/09/2021
Quem não tem um plano funerário infelizmente enfrenta alguns problemas diante de um momento... Continue lendo.

Como proceder em caso de Falecimento?

Saiba quais procedimentos tomar e quais os documentos providenciar.